Fortaleza Esporte Clube

Falar das origens do Fortaleza Esporte Clube passa necessariamente por falar do maior desportista cearense de todos os tempos: Alcides de Castro Santos. Primeiramente, ele fundou em 1912 um clube também chamado Fortaleza, que posteriormente veio a ter suas atividades encerradas. A seguir, participou da fundação do Stella Foot-Ball Club, em 1915 (Stella era o nome de um colégio suíço onde estudavam os filhos de alguns nobres representantes da alta sociedade de Fortaleza).

Este clube teve estreita ligação com o Fortaleza Esporte Clube (FEC), principalmente pela presença de Alcides Santos na formação dos dois, tendo o Fortaleza sido fundado em 18/10/1918. Como grande desportista que era, também estimulou e participou da fundação de Riachuelo, Tabajara e Maranguape, todos antes de 1918. Esteve ligado ao Fortaleza EC em seus primeiros 20 anos de história. O clube possui o Estádio Alcides Santos, maior estádio particular cearense, também chamado de Parque dos Campeonatos, e o Centro de Treinamento Ribamar Bezerra, em Maracanaú, com 90 mil metros quadrados. Dono da maior torcida do estado do Ceará – dentre todos os clubes brasileiros – desde o começo da década de 1970, quando o clube já levava os maiores públicos para os estádios cearenses, comprovando o crescimento de sua torcida após as conquistas de inúmeros títulos.

A afirmação de o Fortaleza ter a maior torcida do estado foi comprovada pelos institutos de pesquisa IBOPE, em 2001, Datafolha, e Jornal Lance, contando assim com a quarta torcida do Nordeste e a décima sexta do Brasil. O clube tricolor também tem números expressivos de seus torcedores no Amazonas, no Distrito Federal, no Pará, no Piauí, no Rio Grande do Norte e em Roraima, onde o clube possui embaixadas desde 2005 e a maior torcida organizada de Boa Vista.

O Fortaleza é dono do maior título do futebol cearense (Campeonato Brasileiro Série B 2018), já conquistou 42 títulos do Campeonato Cearense e também foi campeão da Copa do Nordeste 2019.